E quando a empresa não está indo bem?

É importante observar os fatores e, com base neles, agir!


Quando a empresa não está indo bem é uma questão meio delicada de se tratar, pois há vários fatores envolvidos.


É preciso separar alguns itens, o primeiro deles está ligado a vontade pessoal do empresário. O que é percebido é que muitas vezes a empresa não está indo muito bem pela própria postura do empresário, porque o empresário não tem mais motivação para dar continuidade ao trabalho.


Se percebe que às vezes a equipe tem vontade de fazer a empresa melhorar, mas em alguns casos identifica que o empresário não está mais a fim de manter a empresa ativa e esse é um dos principais problemas.


Não adianta nada investir em novos processos ou em novos modos de reavivar a empresa se os sócios não têm mais motivação para sustentá-la.


Existem alguns estudos de caso que o próprio empresário admite que tem mercado, que tem potencial de crescimento, porém não tem mais a vontade, a motivação de continuar, é muito difícil uma empresa ir pra frente quando o empresário não quer mais continuar o trabalho.


Em alguns casos, por não ter uma equipe bem engajada, a empresa também passa por situações difíceis, por dificuldade. Nessa situação pode até ser o contrário, o dono tem a vontade de fazer acontecer, mas a equipe está despreparada, desligada.


É preciso analisar se o empresário vai ter a força necessária para fazer mudanças na equipe, até demissões para que possam entrar pessoas novas, com vontade, motivadas e que queiram ajudar a empresa a crescer.


Quando a equipe não está bem engajada e a empresa já está indo mal, a maior solução é o empresário se posicionar como líder.


Às vezes a liderança não está indo bem, tecnicamente falando, e percebe-se que a empresa está no vermelho, está em uma situação difícil porque grande parte dos sócios não está levando a sério, fazendo uma gestão ineficiente, principalmente relacionado aos custos.


Esse é um caso um pouco menos complexo, deve identificar se os sócios querem mesmo melhorar e capacitar essa liderança para continuar a tocar a empresa.

Veja nosso vídeo no YouTube