Manual de conduta ética

Você sabe a importância de ter um manual de conduta ética na sua empresa?


É o mais importante de todo o processo de implantação na organização empresarial.


É o manual que vai explicar todos os direitos e deveres do funcionário. Como precisa se organizar, se precisa explicar para o funcionário o que a empresa espera dele, é preciso ter um documento para dizer isso, para deixar claro tudo o que a empresa espera do funcionário.


Então, nada como ter um manual de conduta bem escrito, bem abrangente, que consegue levar em consideração vários grandes itens da empresa para que fique tudo às claras e isso é de fundamental importância para qualquer empresa, de qualquer tamanho.

Saiba Mais

Acesse nosso canal no YouTube e aprenda a implantar um Manual de conduta

Esse manual orienta o comportamento dos funcionários, ou seja, explica de forma detalhada o que a empresa espera, qual é o cliente, como é o tratamento para com o cliente, o que se espera quando está tratando com o cliente, o que pode e o que não pode, essa questão de orientação a esse comportamento tem que ser prioritária na empresa, precisa dizer realmente o que pode e o que não pode, e precisa ter um documento oficial para isso.


O manual de conduta pode ter muitos nomes, pode ser código de conduta ética, código de cultura, independente do nome, o mais importante é que ele traduza o que é que pode e o que não pode. Dentro desse documento terá as normas gerais da empresa em relação a todos os direitos e deveres.


O que o funcionário pode fazer em relação ao fumo, por exemplo, se pode fumar ou não, se vai ter lugar específico, se pode levar sua criança ou não pode.


Em relação a jornada de trabalho, como é organizada, como é que vão se dar as questões ligadas às conduta corretivas, as penalidades se alguém infringir o código, esses itens são importantes.



Esse documento deve ser vivo, não é para mudar o manual de conduta a toda hora, mas deve sofrer alterações, formais ou informais, para se ajustar à empresa. Há essa necessidade de adequação de acordo com as características de cada uma delas.


O manual de conduta pode ser escrito a várias mãos, é importante que várias pessoas opinem sobre isso, é interessante que a empresa chame alguns funcionários para opinar, para olhar o código e ver se está adequado às condutas, e então chegar na versão final.


É necessário que esse documento tenha um amparo jurídico, essa é uma integração muito importante que precisa acontecer. Então, é importante que o setor jurídico ou a assessoria jurídica olhe esse manual de conduta ética, faça as observações para que se proteja das leis trabalhistas, então quanto melhor estruturado ele for e mais revisões ele tiver, melhor será para a segurança.


O manual de conduta não pode ser construído e engavetado, esse documento é balizador de várias ações que serão feitas na empresa.


Por exemplo, quando você vai construir uma avaliação de desempenho, essa avaliação precisa estar condizente com os direitos e deveres que estão elencados no manual de conduta. Quando você estiver escrevendo a descrição de cargos dos seus funcionários, precisa também estar de acordo com o manual de conduta ética, que é uma norma mãe da empresa e a partir dele há os desdobramentos das outras normas mais específicas que podem ter na sua empresa, mas a norma geral tem que ser o manual de conduta, por isso precisa ser escrito de maneira cautelosa e ser aplicado efetivamente e não só engavetado.


Dica: o manual de conduta ética pode ter uma roupagem na apresentação do funcionário de maneira lúdica, você pode ter o manual muito bem escrito, devidamente assinado, pronto para ser consultado, mas você pode fazer uma versão menor, uma versão que o funcionário possa ter como um e-book, então envia por e-mail para facilitar a interpretação e a internalização dos valores, direitos e deveres expostos.


Esse documento se interliga com vários documentos, como descrição de cargos, avaliação de desempenho, mas tem uma ligação muito forte com a identidade organizacional, precisa entender que a construção e a aplicação do manual de conduta deve acontecer de forma integrada, com vários outros processos que estão acontecendo na sua organização.


O processo de comunicação do manual de conduta precisa ser explicado, evidenciado e disseminado de forma integrada na sua empresa.